Última modificação em: 16/08/2019

Cadastro de Natureza de Estoque

NATUREZA DE ESTOQUE

 

A funcionalidade da natureza de estoque é utilizada para gerenciamento das operações fiscais da empresa. As naturezas de estoque são separadas por empresas, ou seja, não podem ser compartilhadas pela filial.

Para configurar a natureza acesse o menu Contabilidade > Natureza de Estoque

Exemplo 1.0 – Configuração de Natureza – campos iniciais

O Codigo é informado automaticamente ao salvar uma nova natureza;

Informe a Empresa para qual deseja configurar a natureza;

Natureza de estoque é a nomenclatura;

Sit. Tributaria – informar a CST (código de situação tributaria);

Operação – informar se a operação é uma entrada ou saída;

Ativo – define se a natureza está ativa ou não;

Exemplo 2.0 – Configuração de Natureza – campos iniciais

Opções:

Extensão Contábil a Prazo - informar o código da extensão contábil para movimentações a prazo;

Extensão Contábil a Vista - informar o código da extensão contábil para movimentações a vista;

CFOP Serviço – informar a CFOP que será utilizada quando tiver movimentações de notas fiscais de serviço;

CFOP ECF – informar a CFOP que será utilizada quando tiver movimentações diretamente no Cupom Fiscal;

Natureza de Devolução -informar o código para operações de devolução automaticamente ao utilizar o tipo de natureza acima cadastrado;

As demais informações são peculiaridades de cada empresa, sendo de extrema importância sanar as dúvidas de preenchimento com a contabilidade:

Sit. Tributaria ISS; Modalidade Base de Cálculo ICMS; Modalidade Base de Cálculo ICMS ST; Modalidade Base de Cálculo INSS; Tributação ISSQN NFS-e; Exigibilidade Suspensa – Gerar Base ISS; Indicador de Exigibilidade do ISS NF-e Conjugada;

Indicador de Incentivo Fiscal – ISS Conjugada.

Simples Faturamento Entrega Futura – utilizar esta opção somente quando a nota for de entrega futura, no qual quando habilitado esta opção a nota de venda é vinculada a nota de entrega.

Próximo passo para configuração é informar os principais tributos a serem destacados na natureza. Lembrando que os campos que estão em negrito são obrigatórios.

Exemplo 3.0 – Configuração de Natureza – IPI/PIS/COFINS

CFOP para contribuintes e não contribuintes

Gerar ICMS – sim/não – para operações de vendas

IPI/PIS/COFINS – configurações para entradas e saídas

Exemplo 4.0 – Configuração de Natureza – ICMS

Exemplo 5.0 – Configuração de Natureza – ICMS ST

As opções do exemplo 4.0 e 5.0 são para configurações especificas de ICMS e ICMS ST, sendo que o usuário deve ficar atento as opções de Regras. Caso tiver alguma regra de Base e Valor de imposto, o sistema irá desconsiderar alíquotas informadas no detalhamento de item.

Exemplo 6.0 – Configuração de Natureza – PIS

Exemplo 7.0 – Configuração de Natureza – COFINS

Exemplo 8.0 – Configuração de Natureza – IPI

Nos exemplos 6.0, 7.0 e 8.0 são para configurações especificas de PIS, COFINS e IPI. A mesma configuração sobre regras do ICMS e ICMS ST vale também pra PIS, COFINS e IPI. Caso tiver alguma regra de Base e Valor de imposto, o sistema irá desconsiderar alíquotas informadas no detalhamento de item.

Exemplo 9.0 – Configuração de Natureza

No exemplo 9.0 e 9.1 - Outras Configurações- o usuário deve-se atentar para as configurações de: Movimentação de estoque – Custo médio – Faturamento – Exibir em relatórios Fiscais e Faturamento – Desabilita cálculo de impostos – Atualiza data da ultima compra. Os demais campos também são importantes, mas devem ser vistos juntamente com a contabilidade.

Exemplo 9.1 – Configuração de Natureza

Exemplo 10.0 – Configuração de Natureza

As opções disponíveis no exemplo 10.0 definem as opções:

Zerar base de Cálculo e Valor do ICMS – ICMS ST: sim/não;

Opções de Integração Fiscal: configurações para validar a natureza quando feito integração fiscal utilizando a mesma;

Alíquotas Tributos Lei da Transparência: Define as alíquotas/ forma de cálculo própria para Nota Fiscal, Cupom Fiscal e Notas de Importação.

CCQ Blog
© Questor Sistemas 2021